7 Passos Para Mudar de Vida Radicalmente em 30 Dias ou Menos

7 Passos Para Mudar de Vida Radicalmente em 30 Dias ou Menos

Você já fez isso?

Você está insatisfeito com sua forma física. Comprometido com a ideia de mudar, você decide se matricular na academia. Mas, após algumas semanas, você simplesmente não aparece mais por lá.

Essa história parece familiar?

Sim, e certamente você não é o único a ter passado por isso.

A boa notícia é que a solução para esse problema é mais simples do que você pensa.

E, neste artigo, eu vou mostrar como você pode, em 7 simples passos, mudar de vida radicalmente em apenas 30 dias.

Tem mais: farei um desafio ridiculamente simples que vai funcionar para qualquer mudança que você pretende fazer em sua vida.

Preciso apenas que você esteja realmente comprometido a ler até o final. O resto, pode deixar comigo.

Combinado?

Então vamos lá!

Passo #1: Não procure atalhos

Sem AtalhosSendo bem direto: qualquer coisa que vale a pena na vida vai exigir um esforço igualmente grande.

Uma mudança verdadeira requer um processo bem definido.

Não há atalhos.

Não há fórmulas mágicas.

Não há um “jeitinho rápido e fácil”.

Se você ainda está procurando na internet algo deste tipo, não precisa continuar essa leitura. Você está no artigo errado.

É comum ouvirmos por aí: Aja!

Mesmo que agir seja importante, não será a ação que vai criar a verdadeira mudança.

Agir, por si só, é apenas um evento pontual que produz pequenos resultados (se é que produz).

Dizer para você simplesmente agir é semelhante a dizer “faça o que você ama”. 

“Agir” é apenas uma micro-tarefa de um processo como um todo.

E um processo é o que precede a verdadeira mudança.

Então você me pergunta: “O que é um processo?

Um processo é uma série sistematizada de ações com um foco específico.

Um processo é repetitivo. Significa agir incontáveis vezes e fazer ajustes ao longo do caminho.

Uma vez que um processo esteja estabelecido, ele se torna um hábito.

Este hábito então integra o processo à sua mente como algo automático,instintivo e quase subconsciente.

O resultado é um estilo de vida que, no final das contas, cria a mudança que você quer.

A mudança não é temporária. É permanente.

Atalhos são curtos por uma razão: eles não duram.

Infelizmente a maioria das pessoas supervaloriza a ação pontual, apenas para ficar com aquela sensação de bem-estar momentâneo.

Trata-se apenas de um exercício orquestrado para enganar a si mesmo ao pensar que está fazendo algo, quando, na verdade, não está fazendo nada.

Você está comprometido com a ideia da mudança, mas não está comprometido com o processo da mudança.

Um exemplo clássico é a academia na primeira semana de Janeiro.

Completamente lotada!

Todas aquelas pessoas estão comprometidas com a ideia de mudar, mas não estão comprometidas com o processo (que requer foco).

Em Fevereiro, 95% dessas pessoas somem.

Ir à academia constitui uma simples ação.

Porém, se você nunca volta, algo realmente vai mudar?

Absolutamente nada, exceto por aquele efêmero momento de bem-estar, que agora não existe mais.

A mesma coisa acontece com a perda de peso, por exemplo.

Quer comer melhor e perder alguns quilos?

Ótimo!

Na hora do almoço, você come um filé de frango com salada.

Excelente escolha para seus objetivos.

Infelizmente, no jantar você come um cheeseburger com refrigerante e batatas fritas.

Novamente, absolutamente nada mudou, apesar de você ter tomado uma atitude.

Você já ouviu alguém dizer “Estou de dieta”?

O que essa pessoa está realmente dizendo é isso:

Eu NÃO estou comprometido a mudar permanentemente.

Eu NÃO estou comprometido com o processo.

Eu NÃO estou comprometido a transformar ações em hábitos.

A palavra “dieta” implicitamente significa fracasso.

Dietas são eventos baseados em tomar algumas ações pontuais, mas implica em algo temporário, que, por sua vez, implica em falha do processo.

Você só terá sucesso com dietas se torná-las um estilo de vida.

Entenda: o seu estilo de vida é que produz a verdadeira mudança que você procura.

Esta é a forma para você fazer uma mudança em sua vida.

Nenhuma pílula, nenhuma dieta e nenhum livro pode dar a você o “segredo”.

O segredo está dentro de si mesmo, seu processo, e suas expectativas deste processo.

Em resumo:

Ação focada → Comprometimento e Repetição → Hábito → Estilo de Vida.

Passo #2: Identifique o que você quer

Identificar ObjetivosO que exatamente você quer?

Faça uma viagem ao futuro e vislumbre a si mesmo na noite de Ano Novo do próximo ano.

Você está comemorando o ano no qual uma grande mudança ocorreu.

Pare por um momento e reflita sobre quais conquistas você estaria comemorando…

Você queria comprar a casa dos seus sonhos e conseguiu?

Você queria perder 10 quilos e assim o fez?

Você queria começar um negócio próprio e dobrar sua renda? Largar o emprego? Conhecer sua alma gêmea?

Identifique exatamente o que você quer sentir neste momento e visualize você lá.

Se você não sabe para onde você quer ir, você não sabe qual estrada o levará para o destino final.

Passo #3: Transforme este objetivo em algo mensurável

Fita MétricaAgora que você vislumbrou quão incrível seu Ano Novo será, torne este objetivo mensurável.

Se “perder peso” é o seu objetivo, ele deve ser traduzido em “perder 10 quilos”.

Da mesma forma, se seu objetivo é começar um negócio próprio, você precisaria identificar um número para isso (faturamento, lucro, quantidade de clientes…).

Transformar sua mudança em algo mensurável é muito importante, pois progressos subjetivos não podem ser medidos.

Se você não consegue medir o progresso do seu objetivo, ele não é real. Ele não se tornará um hábito e muito menos um estilo de vida.

Passo #4: Quebre o objetivo final em pequenas tarefas diárias

Tarefas DiáriasApós identificar e quantificar o que você quer alcançar, quebre esta conquista em pequenas tarefas diárias ou, no máximo, semanais.

Que rotina diária fará com que você alcance seu objetivo?

Por exemplo, se você quer comprar o imóvel dos seus sonhos, você precisará diariamente controlar seus gastos para, no final do mês, investir exatamente o montante que havia planejado poupar.

Se seu objetivo é perder 10 quilos, seu foco diário é se exercitar por 30 minutos e/ou retirar o açúcar e carboidratos de alto índice glicêmico (pães, farinhas, doces…) da sua alimentação.

Quanto mais simples forem suas tarefas, mas simples será o caminho para executá-las e progredir diariamente em busca do seu objetivo.

Passo #5: Identifique o que ameaça sua nova rotina

Identificar AmeaçasEm outras palavras, você precisa identificar o que não está funcionando.

O que pode ameaçar sua rotina diária?

É aquele velho ditado:

A definição de insanidade é continuar fazendo as mesmas coisas e esperar resultados diferentes.

Em outras palavras, as escolhas que você fez no passado resultaram nasconsequências que você tem agora.

Se você está endividado agora, a culpa é das más decisões que você tomou no passado.

Se você está acima do peso agora, a culpa é das más decisões que você tomou no passado.

Se você precisa continuar trabalhando num lugar que você odeia agora, a culpa é das más decisões que você tomou no passado.

No intuito de cumprir a rotina diária que você definiu, é necessário identificar exatamente o que vai te impedir de cumpri-las.

Por que você falhou nos últimos anos? Que coisas você precisa parar de fazer para alcançar seus maiores objetivos agora?

O sucesso está muito mais relacionado a parar de fazer versus começar a fazer.

Você está gastando 5 horas por dia no Facebook jogando aquele novo jogo ou bisbilhotando a vida das pessoas?

Você está pulando de uma ideia para outra sem ter um plano de ação?

Você realmente precisa do carrão que você tem na garagem e que te prende a um emprego que você absolutamente odeia?

Você está se apegando a crenças limitantes (“Não tenho dinheiro!”, “Não tenho tempo!”, “Não tenho conhecimento!”) que te impedem de fazer a mudança?

Caso você queira enfrentar a parte mais difícil do processo, que é “comprometimento e repetição”, você tem que fazer uma profunda reflexão sobre sua vida e descobrir tudo que está frustrando o processo.

Tudo se resume a uma coisa: suas escolhas.

A grandeza é um monte de pequenas coisas feitas diariamente.

Quais são suas escolhas?

Quais os maus hábitos que estão roubando seu tempo e impedindo seu progresso?

No final das contas, se você não tem o que você quer, é por causa de uma única coisa: você simplesmente não está fazendo o sacrifício necessário. Você está escolhendo ações não relacionadas com seu objetivo.

Passo #6: Lide com as ameaças identificando onde elas são vencidas e perdidas

Lidar com AmeaçasA maioria das pessoas luta suas guerras no campo de batalha errado, resultando em derrotas atrás de derrotas.

Se você apenas soubesse onde e como lutar, você teria pelo menos uma chance de criar a mudança que você quer.

Por exemplo, se você quer perder 20 quilos, você tem que identificar onde a batalha é vencida e onde ela é perdida.

A maioria das pessoas pensa que a batalha é vencida na geladeira.

Assim que você abre a porta, a batalha começa:

“Não coma aquele pote de sorvete! Escolha outra coisa!”

“Olhe aquela torta! Eu posso comer só um pedaço? Não, não posso!”

“Eu adoraria tomar aquela Coca-Cola geladíssima exatamente agora… mas eu não devo.”

Se você pensa assim, já está derrotado.

A guerra que você está lutando não é contra a geladeira. Ela deve ser lutada no supermercado.

A partir do momento que você coloca todas essas guloseimas no seu carrinho de compras, é o momento em que você perdeu a guerra.

Você está lutando com as mãos enquanto seu inimigo está com uma metralhadora.

Uma vez identificados seus campos de batalha, seus maus hábitos estão prontos para serem atacados.

Então como atacá-los?

Utilizando seu natural instinto humano de buscar os caminhos mais fáceis (com menor resistência).

Em outras palavras, faça com que seus maus hábitos sejam realmente dolorosospara serem mantidos. Torne-os inconvenientes.

No exemplo da geladeira, se você tiver ganho a guerra no supermercado, você agora criou um grande problema para seu mau hábito.

Se você quiser comer um pote de sorvete, agora você terá que pegar seu carro, dirigir até o supermercado, ir até o corredor dos sorvetes, comprá-lo e então dirigir de volta para casa.

Nada muito complicado, mas certamente não muito conveniente.

Se você está querendo sair das dívidas com cartões de crédito, simplesmente quebre-os ou pelo menos tire-os da carteira e guarde numa gaveta em casa.

Toda vez que você quiser comprar algo quando estiver na rua, terá que voltar em casa, pegar seu cartão, enfrentar o trânsito até voltar ao estabelecimento, e só então efetuar a compra.

Novamente, nada muito conveniente, não é verdade?

Passo #7: Mantenha um registro visual do seu progresso

Registro VisualNão sei você, mas eu simplesmente adoro riscar da minha lista uma tarefa que acaba de ser completada.

Fico com aquela incrível sensação de recompensa.

Para cada novo projeto ou objetivo que pretendo alcançar, costumo fazer uma lista de tarefas que devem ser executadas até que o objetivo seja alcançado.

À medida que progrido e que vou riscando as tarefas cumpridas, me sinto muito bem.

Agora mesmo estou prestes a riscar a tarefa “Escrever novo artigo para o Quero Ficar Rico” :)

Faça também uma lista ou planilha com cada uma das tarefas que fazem parte da sua rotina diária.

A cada dia que você cumprir estas etapas, marque-as como feitas, seja riscando ou colocando um X.

Eu costumo fazer esse acompanhamento pelo computador ou smartphone, mas alguns especialistas recomendam que este acompanhamento seja feito por algum meio físico (quadro na parede, por exemplo), pois a visualização diária do progresso incentiva a execução das tarefas.

Como estou sempre na frente do computador, para mim não faz muita diferença.

Mas fica a dica.

O objetivo desta planilha é criar um mapa mental de suas tarefas executadas para então formar o processo.

Quanto mais simples estiverem suas tarefas (desde que focadas no objetivo principal), mas fácil de colocá-las em prática diariamente.

Se você conseguir finalizar diariamente pelo menos uma tarefa de cada mudança que você pretende alcançar, você vai experimentar a melhoria contínua.

Após 30 dias, você perceberá resultados incríveis.

Após um ano, você não se reconhecerá!

Por essa razão, o ideal é que você tenha tarefas diárias para cada objetivo.

A meta mínima deve ser pelo menos um X em cada dia. Isso significa que você está tornando-se melhor a cada dia que passa.

Desafio: Mude de Vida Radicalmente em 30 Dias (ou Menos)

Desafio dos 30 DiasPara começar, eu sugiro um desafio de apenas 30 dias proposto por MJ DeMarco,neste link (que, por sinal, foi a principal fonte deste artigo).

Escolha um objetivo, quebre-o em várias tarefas diárias e veja como funciona para você.

Você vai perceber que este desafio vai quebrar muitas crenças limitantes em sua vida.

Enquanto nos primeiros dias será aquela luta para executar cada tarefa, após algumas semanas você vai descobrir, por exemplo, que “Eu não tenho tempo” era simplesmente uma mentira que você contava para si mesmo apenas para não ter que deixar de fazer tarefas improdutivas.

Então… Quem quer mudar de vida nos próximos 30 dias? :)

Anúncios
7 Passos Para Mudar de Vida Radicalmente em 30 Dias ou Menos

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s